18/08/2016

Natércia

1444771951História

O território do município foi habitado, primitivamente, pelos índios “Puris-Coroados”. Posteriormente, as célebres bandeiras paulistas se encarregaram do desbravamento da região, na ânsia de descobrir ouro, sendo a fundação mineral arraial atribuída a Pedro de Alcântara Pereira. Predominava o império do ouro e pedras preciosas atraindo novos moradores, os primeiros, entre os quais a história registrou José da Silva Passos, José Higino Pereira da Silva, Carlos Firmino de Magalhães, Capitão Faustino de Alcântara

Pereira, Manoel Severino Paiva, Cônego Antônio Carlos e Evêncio da Silveira, que contribuíram suas casas voltando-se, mais tarde, à exploração agropecuária de subsistência. Anteriormente a 1882, o fundador, Pedro Alcântara, fez doação de terrenos para construção da capela, do cemitério e de algumas moradias, consolidando-se a formação do povoado de Santa Catarina. O topônimo inicial, Santa Catarina, originouse da ereção da primeira capela em louvor à Santa do mesmo nome. O atual, Natércia, foi

escolhido por ser o anagrama de Catarina (Catarine, no português antigo).

 

Turismo

 

 

O município de Natércia fica situado em meio às serras, e sua principal economia vem das lavouras de café e da criação de bovinos. Natércia é conhecida pelas festas religiosas realizadas durante o ano e pela tradicional Festa de Exposição Agropecuária que acontece na primeira semana de setembro. Destaca-se pela hospitalidade a todos os visitantes que aqui chegam e é considerada referência em tranquilidade. Tem como cartão de visita a igreja matriz, situada na praça central, pois sua torre é considerada a maior o Sul de Minas e sua arquitetura é monumental. Seus atrativos naturais são: o Pico do Guandu, a Serra de Santa Catarina, Morro do Cruzeiro, Serra da Manoela, Cachoeira da Pedra, Cachoeira do Jardim, Cachoeira do Pinhal, Vale das Cachoeiras, Cachoeira da Pedra Quebrada, Cachoeira de São Bernardo, Cachoeira do Turvo, Cachoeira do Pitanga, Cachoeira da Chapada, Cachoeira das Lavadeiras e outras. Também possui vários casarões de fazenda na parte central da cidade, patrimônios inventariados para futuros tombamentos. O turista, além de tranquilidade, encontrará em nossa culinária o verdadeiro gostinho da comida mineira e o sabor dos variados doces feitos com receitas tradicionais. Venha conhecer nossa cidade – pequena no tamanho mas grande nos corações de quem a conhece.

 

Curiosidades

Natércia possui uma tradição que já perdura a anos – a Encomendação de Almas. O movimento reúne um grupo de pessoas que no período da quaresma, saem para rezar e cantar aos mortos à meia-noite. As rezas são feitas em frente a 7 ou 14 casas, não podendo ser mais ou menos que essa quantidade por noite. Além de casas também as rezas acontecem em encruzilhadas para lembrar a morte de Jesus Cristo. As cantigas possuem melodias chorosas e letras muito fortes. Aos iniciar a reza, é ecoado o som da matraca – as pessoas residentes nas casas marcadas não podem ascender as luzes nem fazer qualquer barulho. No fim de cada reza, a pessoas abrem as portas e recebem os oradores, oferecendo-lhes um lanche. Também dizem que os oradores não podem olhar para trás enquanto caminham de uma casa à outra – diz a lenda que todos os oradores são acompanhados por almas e se olharem as reconhecerão. Antigamente usavam um lenço preto para cobrir o rosto, hoje já não se usa mais.

A Encomendação das Almas termina na Sexta-feira Santa, dentro do cemitério.

 

Contatos

Prefeitura: (35) 3456-1238

Depto. de Turismo: (35) 2345-1238

Polícia Militar: 190

Pronto Socorro / Hospital: (35) 3456-1252

 

Atrativos

Acelerando –  Cercado de montanhas, serras, picos, o município possui lugares ideais para a realização do Downhill (circuito radical de mountain bike) que já é praticado por vários jovens do município. Também possui um circuito de Motocross, onde é realizado um campeonato no aniversário do município. A caminhada entre as montanhas também é um atrativo para o turismo.

Morro do Cruzeiro – estratégico da cidade. Além da vista panorâmica da cidade, o morro possui construções com as 14 estações simbolizando a agonia de Jesus Cristo finalizando com a capela de Santo Expedito. Na Sexta Feira Santa, as 5 horas da manhã uma multidão segue em caminhada até o alto do morro, passando pelas estações , fazendo orações e relembrando a agonia de Jesus Cristo.

Cachoeira da Usina – Com uma queda d’água aproximadamente de 60 metros de altura , a cachoeira da Usina é bastante conhecida por toda região. Situada na divisa dos Municípios de Natércia e Conceição das Pedras, a Cachoeira tornou-se atrativo turístico de ambos municípios. Além da Cachoeira, o lugar possui antigas ruínas da antiga Usina hidrelétrica que funcionou no local, originando o nome da Cachoeira e do Bairro onde está localizada.

 

Fazendo Arte – O município possui muitos artesãos, porém o artesanato principal é produzido pelo programa de Saúde Mental e pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

 

Área de lazer – A área de lazer municipal é uma dos atrativos mais procurados pela população. Possui piscina, quadra poliesportiva, área de restaurante e um amplo estacionamento. A área de lazer possui professores de hidroginástica, monitores de esportes etc. Também é utilizada pelo grupo “Feliz Idade” em aulas de hidroginástica.

Galeria de fotos de Natércia:

Conheça as atrações da cidade: