18/08/2016

Monte Verde

fim-de-semana-em-monte-verde-mgOs pioneiros de Monte Verde foram Verner Grinberg (falecido em 13/08/2006 aos seus 96 anos de idade) e sua esposa (também falecida) dona Emília. O sobrenome da família deu o nome à cidade: “grin”, verde, e “berg”, monte.

A família Grinberg chegou ao Brasil em 1.913, junto a outros tantos imigrantes da Letônia e foi morar em 1921 na então recém-fundada Colônia Varpa, próxima à cidade de Paraguaçu Paulista e formada por seus patrícios letões.

Lá, ao se casar com dona Emília Leismeir, resolve passar sua lua-de-mel em Campos do Jordão, região parecida com a sua terra natal; o jovem casal se empolga com o clima de montanha e com as paisagens da Serra da Mantiqueira. Em 1936, ouviu falar dos Campos do Jaguari, município de Camanducaia hoje Monte Verde, lugar de clima e paisagens semelhantes a Campos do Jordão.

Imbuído de espírito empreendedor, sobe até o pé da Serra da Mantiqueira em lombo de burro, abrindo picada no meio do mato. Em 1.938, ali adquire terras e inicia a formação de uma fazenda. Com o passar do tempo, muitos de seus amigos e conhecidos começaram a sentir atração pelo lugar.

E aos amigos e parentes, geralmente europeus e adeptos de sua religião, a batista, cedia terreno para que construíssem casas e viessem morar na fazenda. Hoje a famosa Vila de Monte Verde, distrito de Camanducaia.

Suíça brasileira Monte Verde, a Vila do Romance, é o mais importante destino turístico do Circuito Serras Verdes. Classificado como Destino Indutor de Minas Gerais recebeu também o título de “Melhor Destino de Inverno” e “Melhor Destino de Romance” do Brasil.

Possui infra-estrutura turística, com excelente rede hoteleira e variado comércio. Os restaurantes e casas de chás fazem deste local um paraíso gastronômico. Especialidades européias, como fondues, raclettes, apfelstrudels e trutas estão presentes em quase todos os cardápios.

Os costumes trazidos pelos primeiros moradores, o casal letão Verner Grinberg e Emilia Grinberg, e pelos letões, alemães, suíços e italianos que foram chegando depois, também colaboram para o ‘ar europeu’ que se respira em Monte Verde. Com paisagem de serras, cascatas e araucárias, a vila oferece também a oportunidade da prática de esportes de aventura.

Seu ponto mais alto, o Pico do Selado, fica há 2.083 metros acima do mar. Ninguém sai sem “provar um cadinho” do clima romântico que envolve o ambiente. Com seu inverno rigoroso de temperaturas negativas, também ganhou a denominação de Suíça Brasileira. Mas Monte Verde tem personalidade e sotaque próprio. Seu clima pode ser suíço, mas o prazer em receber é o autêntico mineiro.

 

Galeria de fotos de Monte Verde:

Conheça as atrações da cidade:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *